Salsa 60ml (Petroselinum crispum.)

Indicada para equilibrar os hormônios femininos; diurética; infecções urinárias e problemas renais; auxilia no tratamento de dores digestivas e azia.

44.00 R$ 44,00
Site 100% seguro auditado pelo Google
Calculo de frete

 

Informações

A salsa ou salsinha (Petrocelinum crispum), hortaliça folhosa da família das Apiaceae, é considerada como condimento muito apreciado pela população brasileira. Essa espécie adapta-se melhor em temperaturas amenas, variando entre 10 a 24ºC. Originário da Grécia, com ampla distribuição na região mediterrânea, norte da África e Sudoeste da Ásia. Toda a planta tem um odor e sabor aromático característico, sendo muito cultivado em todas as regiões temperadas do mundo, em especial na Europa, onde talvez seja uma das ervas mais cultivadas.

A erva é composta de óleo essencial (apiole, myristicina, limoneno, eugenol), cumarinas, glicosídeo (apiina), flavonoides (apigenina), clorofila, proteína, betacaroteno, vitamina C, vitamina K, ferro, magnésio, histidina e cálcio.

 

Benefícios

- Amenorréia, menstruações atrasadas;

- Melhora o equilibra hormonal feminino;

- Diurético (usada em hipertensão arterial, edemas diversos, cálculos renais, retenção urinária, auxiliar em cistites, etc),

- Disúria (sensação de ardência na região genital);

- Doenças cardíacas;

- Antidepressivo e diminui o estresse;

- Diarréia; gases intestinais;

- Problemas digestivos, dispesia (sensação de dor ou desconforto na parte superior do abdome);

- Reumatismo;

- Antitérmico;

- Hepatoprotetor; desintoxicante;

- Antioxidante;

- Antialérgico.

 

Posologia

Tomar 5ml diluídos em meio copo d`água 2x/dia.

 

Contraindicações

Em altas doses e no uso prolongado, pode levar a alucinações (semelhante à noz moscada), náuseas, tonturas, hipotensão arterial, lesões renais e hepáticas crônicas, anemia e fototoxicidade.

É contra-indicada para pessoas com hipotensão arterial, insuficiência renal, gravidez e lactação. O consumo da salsa em doses habituais como tempero, não oferece riscos em grávidas e lactantes.

 

Advertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda- se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e animais domésticos.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9. Embora não existam contra- indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.

10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

11. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.

12. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.

13. A eficácia e resultado do tratamento está diretamente ligado ao uso correto da posologia e dose recomendada pelo médico ou profissional habilitado, deve-se levar em consideração as diferenças de cada indivíduo como velocidade do metabolismo, doenças crônicas e genética, não podendo ser considerado um produto que tenha efeitos iguais em todos os indivíduos. 

14. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

 

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

Referência: Informações do fornecedor.

- BATISTUZZO, J. A. O.; ITAYA,M.; ETO, Y. Formulário Médico Farmacêutico São Paulo: Tecnopress, 2000.

- ALONSO, J. Tratado de fitofármacos e nutracêuticos. 1.ed. São Paulo: AC Farmacêutica, 2016.