Boldo 100ml (Peumus boldus m)

O boldo é uma planta medicinal com propriedades digestivas, hepáticas, diuréticas, anti-inflamatória e antioxidante.

44.00 R$ 44,00
Site 100% seguro auditado pelo Google
Calculo de frete

Informações

Peumus boldus Molina (Monimiaceae) é originário de regiões montanhosas do Chile, sendo conhecido no Brasil como “boldo” ou “boldo-do-Chile”. É um arbusto ou arvoreta, dióico, de folhas opostas, inteiras, curtamente pecioladas, flores unissexuais, pistiladas e estaminadas e frutos do tipo drupa.

Suas folhas foram estudadas pela primeira vez na Europa no ano de 1869 pelo médico francês Dujardim Baumez. Entre outros nomes botânicos que tem recebido o boldo, estão Boldoa fragans gay e Ruizia fragrans. Os principais constituintes do boldo são: óleo volátil até 2% (constituído por eucaliptol, ascaridol, cineol, eugenol, alfa-pineno), 0,1-0,5% de alcalóides (boldina), alcalóides, boldoglucina (0,3%), taninos, gomas, terpenos e glicosídeos flavonóides (pseumoside e boldoside).

O Boldo é um amargo aromático com propriedades estimulantes e tônicas. Ativa a secreção salivar e do suco gástrico, utilizado em casos de hipoacidez e dispepsias.

 

Benefícios

- Estimular o funcionamento do fígado;

- Auxiliar no tratamento de problemas da vesícula;

- Melhorar a digestão;

- Auxiliar no tratamento da gastrite;

- Aliviar os sintomas da intolerância alimentar;

- Melhorar o funcionamento do intestino;

- Eliminar fungos e bactérias;

- Ter ação antioxidante;

- Ter efeito calmante;

- Melhorar a ressaca, após o consumo de álcool.

 

Posologia

Tomar 5ml diluídos em meio copo d`água 2x/dia.

 

Contraindicações

Não apresenta reação adversa, desde que seja mantida a posologia indicada. Não fazer o uso durante gestação e lactação. Não fazer uso por mais de quatro semanas. Atenção: Oclusão das vias biliares e hepatopatia grave.

 

Advertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda- se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e animais domésticos.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9. Embora não existam contra- indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.

10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

11. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.

12. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.

13. A eficácia e resultado do tratamento está diretamente ligado ao uso correto da posologia e dose recomendada pelo médico ou profissional habilitado, deve-se levar em consideração as diferenças de cada indivíduo como velocidade do metabolismo, doenças crônicas e genética, não podendo ser considerado um produto que tenha efeitos iguais em todos os indivíduos. 

14. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

 

Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a Resolução 586/2013 do Conselho de Farmácia. Consulte-o!

 

Referência: Informações do fornecedor.

- BATISTUZZO, J. A. O.; ITAYA,M.; ETO, Y. Formulário Médico Farmacêutico São Paulo: Tecnopress, 2000.

- ALONSO, J. Tratado de fitofármacos e nutracêuticos. 1.ed. São Paulo: AC Farmacêutica, 2016.