5 dicas para reduzir o peso corporal e ficar de bem com o seu corpo para o verão!

 

Reduzir o peso corporal é uma meta almejada por muitas pessoas o ano todo, e quando o verão vai se aproximando, é natural que o desejo de entrar em forma aumente ainda mais. No entanto, é importante lembrar que um corpo saudável reflete um conjunto de mudanças de hábitos, e que os resultados vão surgindo ao longo do tempo! Não existem milagres, mas você pode fazer modificações assertivas na sua rotina, que ajudarão a acelerar os resultados, e quem sabe já notar algumas diferenças para este verão? Uma coisa é certa, não deixe para depois as mudanças que você deseja! Inicie já! E nunca se esqueça, cuidar de si próprio e buscar a sua melhor versão, é um ato de amor fundamental.

Separamos neste artigo algumas dicas que vão dar aquela força para acelerar os resultados que você busca com a balança. Confira:

1 - Cuidado com os alimentos inflamatórios e ácidos

Quando nos alimentamos, tudo que consumimos passa por um processo de metabolização que gera resíduos no organismo, e alguns alimentos geram resíduos ácidos muito prejudiciais para o seu funcionamento, o que interfere na saúde e no processo de redução de peso. Reduzir o máximo possível o consumo de refrigerantes, produtos refinados e ultraprocessados é um grande começo, porém é importante estar atento também, aos alimentos benéficos para a dieta como as proteínas de origem animal, as quais fornecem vitaminas e favorecem o desenvolvimento de massa magra, mas que também geram resíduos metabólicos prejudiciais. Então, qual é o melhor caminho? Equilibre seu consumo, e inclua na sua rotina alimentos anti-inflamatórios como as frutas vermelhas, limão, cúrcuma, ômega 3, sementes de chia, espinafre, couve e abacate, por exemplo. Esses alimentos vão atuar como balanceadores do seu corpo, contribuindo para que ocorra a redução de peso.

2-Consuma alimentos termogênicos

Os alimentos termogênicos aceleram o metabolismo e auxiliam no aumento da queima de gordura, favorecendo a redução de peso corporal. Não exagere, e em casos específicos como os de hipertensão, verifique com o seu profissional de saúde de confiança, qual a melhor quantidade para você!

Incluir esses alimentos no dia a dia é mais fácil do que parece! Adicione um pouco de pimenta dedo de moça, sem sementes, em suas preparações, coloque alguns pedaços de gengibre na sua garrafa de água natural, beba chá verde ou de hibisco e consuma frutas com um pouco de canela em pó! Essas são algumas ideias de alimentos com propriedades termogênicas naturais. Evite consumi-los à noite, para não interferir na qualidade do sono, ok?

3-Fique atento às emoções e relaxe mais!

Estressar-se com frequência induz o organismo a liberar hormônios que visam prepará-lo para o perigo. Sob situações de estresse, o corpo produz mais cortisol, substância que em índices elevados prejudica a qualidade do sono, aumenta a fadiga e induz ao acúmulo de gordura, principalmente na região abdominal. Muitas pessoas cuidam da alimentação nos detalhes, fazem atividades físicas regularmente, porém levam uma vida muito estressante seja na instância profissional ou pessoal, e encontram enormes dificuldades para atingir seus objetivos com a redução de peso corporal. Bom, não ter nenhum momento de estresse sabemos que é praticamente impossível, mas você pode ao menos controlá-los, certo? Procure estratégias que vão melhorar o seu humor, e fazer com que desafios e intercorrências diárias, sejam encaradas de forma mais leve! Para isso, procure fazer algo que seja relaxante para você, todos os dias (separe um tempo para isso, religiosamente, se possível), procure praticar alguma atividade física regularmente, e quando estiver diante de um momento em que as coisas estejam saindo diferente do esperado, respire devagar e direcione seu olhar para uma solução plausível, e não para o tamanho do problema!

4-Controle a glicose sanguínea

Os chamados picos de glicose são prejudiciais para a saúde do organismo e atrapalham muito a redução de peso. Quando esses picos são frequentes, a insulina passa a não ser mais reconhecida, tendo sua performance prejudicada, fazendo com que os índices de açúcar subam ainda mais, podendo levar também ao desenvolvimento do diabetes tipo 2. Para evitar que esse ciclo prejudicial ocorra, dê preferência aos carboidratos complexos como batata doce, ovos, aveia, brócolis, maçã verde e morango – alimentos ricos em fibras que favorecem o “envio” gradual de glicose para o sangue.

5-Invista em detoxificantes e diuréticos naturais

Essas propriedades são encontradas em recursos naturais como na cavalinha, no chá verde ou branco, chá de hibisco e na erva doce. Você pode consumi-los por exemplo em forma de chá, ao longo do dia, para auxiliar o seu organismo a expulsar as toxinas e líquidos retidos, fazendo com que ele fique mais equilibrado e com as funções em dia, processos que favorecem a redução de peso e do inchaço. Então, muita atenção! Um alimento, chá ou suco detox não será responsável por emagrecer, mas ele auxiliará junto a um conjunto de hábitos saudáveis, o seu corpo a funcionar melhor, o que impacta positivamente na redução de peso e medidas!

Não deixe de praticar atividades físicas regulares, sem exageros, valorize os momentos de descanso, e nunca se esqueça do consumo diário de água, sendo em média dois litros ao dia, ou mais!

Gostou dessas dicas? Então não as deixe somente na teoria! Daqui alguns meses você desejará ter iniciado agora, então, que tal começar?